PUBLICIDADE

deu babado

Psicólogo comenta o porque da demora de reagir a comentários desagradáveis

Alexander Bez – Psicólogo; Especialista em Relacionamentos pela Universidade de Miami (UM); Especialista em Ansiedade e Síndrome do Pânico pela Universidade da Califórnia (UCLA), fala sobre a o impedido da pessoa reagir a comentários que machucam.

O caso aconteceu na última semana no Big Brohter Brasil 21, onde o cantor Rodolffo cmparou o Black do professor João Pedrosa a peruca do castigo do Monstro. João comentou com Camilla de Lucas que aquilo teria o machucado porém na hora não soube como reagir. No jogo da discórdia os brothers voltaram ao assunto e Rodolffo disse que não queria machucar e justificou que seu pai teria o cabelo igual.

“No caso do João, ele não teve condições de responder a Rodolffo naquele momento do comentário, pois teve uma travada no trato psiquiátrico, que impede a pessoa de reagir. Muitas vezes, psiquiatricamente falando, o nosso trato mental não espera “certas situações” e esse estado de espanto emocional cria um estado psiquiátrico denominado de “obnubilação psicológia”, remetendo a pessoa a ter uma espécie de paralisia mental. Algumas pessoas têm essa condição em ficar paralisado e outras não, mas não é um Transtorno Mental, apenas uma resposta mental.

Mas, ação do João em desabafar em seguida foi muito positiva, é essencialmente produtiva para as esferas mentais! Não permitindo assim que haja acúmulo neurótico e consequentemente evitando mais conflitos. Casos de racismo podem, a longo prazo, gerar muitos conflitos e transtornos de Stress Pós-Traumático. Os efeitos imediatos são basicamente uma revolta instantânea, podendo haver mágoa e também efeitos psicológicos em relação à depreciação da autoestima.”, depoimento do psicólogo Alexander Bez sobre o caso.

PUBLICIDADE