PUBLICIDADE

Sylvia de Castro

A White Party de Amaro Leandro

Por: Sylvia de Castro
Colaboração: Amaro Leandro

 

Foi um verdadeiro Réveillon! Os mais de 80 convidados do almoço de aniversário de Amaro Leandro, como todos os anos oferecido pelos amigos Cristina e Claudio Aboim em seu apartamento do Caparaó, obedeceram ao pedido do aniversariante e vestiram branco. Da paz, da harmonia, da felicidade, da alegria, que foi o que não faltou na festa! Cristina, como sempre, arrasou na organização e nas comidas e sobremesas feitas por ela. No cardápio, não faltou o vatapá, sua especialidade, receita de família. Renata Fraga caprichou na lista de presentes, ajudada por Claudia Cury. Sergio Carvalhal, que fazia aniversário no dia, ganhou bolo e parabéns especiais. Uma festa em que deu branco, mas que, com certeza, não passou em branco..Fotos Vera Donato.

Os anfitriões Claudio e Cristina Aboim, que no dia seguinte viajaram para Alagoas, com Amaro Leandro

A linda mesa com as cabeças preciosas de Cristina

Liberado Júnior e Orlanda Freire

Manoela Ferrari, Vera Tostes e Isis Penido

Alice Tamborindeguy e Raquel Resende

Renata Fraga, Tania Carvalho, Roberta e Lúcia Fonseca

Sergio Carvalhal entre Claudia Simões e Lídice Caldas

Sylvia de Castro e Gisela Markenson

Soninha Milliet e Maria da Glória Garcia

Margaret Padilha e Regina Valle

Miguel e Mira Felmanas vieram especialmente de São Paulo 

Ana Alencar, Liliana Rodriguez, Nina Kauffmann e Carla Pimentel

Patricia Xavier e Celina de Farias

Amaro Leandro e Marise Gollo

Lindonice de Brito entre Pedro Brugnaro e Carlos Lamoglia

Maria Anísia Bonaparte, Gilsse Campos e Cristina Aboim

Ana de Paula e Ana Cristina Carvalho

Coquetel festivo no Country
Luiz Xavier ofereceu um movimentado coquetel no Country para comemorar o aniversário da amiga Ariadne Coelho. Fotos Vera Donato

Zé Ronaldo,  Ariadne, Fernanda de Jora e Liberado Júnior

Ariadne e Luiz Xavier

Vera Bangel e Willians Haubrichs

Gabriel Monteiro de Castro e André Ramos

Marta Isaksen e Ariadne

Jair Coelho e Luiz Bangel, que recitou um poema em homenagem à aniversariante

Jantar dançante

Foi muito animada a despedida de Claudia Simões, antes de partir para Portugal, com um jantar dançante delicioso em seu apartamento de São Conrado, onde não faltou o bacalhau, receita da mãe dela, que Claudia mesmo preparou. Afinal, é uma casa portuguesa com certeza. O DJ arrasou com músicas dos anos 80, que todos cantaram e dançaram.

Marcia Echeverria e Claudia Simões

Jaqueline Barreto, Cristina Aboim e Patrícia Xavier

Gustavo Gill e Teka Simões

Amaro Leandro e Lídice Caldas

Sylvia de Castro e Sergio Carvalhal

Diego Cosac e Vera Valeska

Fragmentos de um livro

“Os 3 Fragmentos de Um Boiteux”, livro escrito por Bayard Do Coutto Boiteux  com o objetivo de descrever o autor, de mostrar a sua forma de agir e também de compartilhar suas ideias e os seus pensamentos com os leitores, teve lançamento na Livraria Argumento, no Leblon.

Bayard com Joana e Aloysio Teixeira

Douglas Fazolato, Vanda Klabin, Viviane Fernandes e Chico Vartulli

João Ricardo Coelho e Bayard

Com Ana Botafogo

Pipocando…

A Prefeitura do Rio inaugurou a placa de patrimônio cultural do Teatro Casa Grande, no Leblon. O tradicional teatro de 56 anos havia sido declarado Patrimônio Cultural Carioca no dia 20 de outubro do ano passado, por meio de decreto publicado no Diário Oficial do município. Com a homenagem, o espaço passará a integrar o Circuito dos Teatros do projeto “Circuitos do Patrimônio Cultural Carioca”, organizado pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH). Para celebrar o título, o Teatro Casa Grande preparou um happy hour com direito à estreia do espetáculo “Minha Vida em Marte”, solo de comédia estrelado por Mônica Martelli. Fotos Vera Donato

Susana Garcia, diretora do espetáculo, e Mônica Martelli 

A secretária de Cultura Danielle Barros

Tardezinha no Rio Beach, saudando o verão, teve presença de famosos

Fotos Lucas Teixeira

Gabigol e Carol Sampaio

Cleo Pires

Thiaguinho

O Universo Spanta, misto de bloco, carnaval, festa e festival, agitou a Marina da Glória com o melhor da música brasileira

Fotos Reginaldo Teixeira

Bruna Marquezine

Fabiana Karla

Adriana Birolli

Apresentar um resumo histórico da obra de Tunga através de trabalhos criteriosamente selecionados foi o objetivo da exposição iVê-nus, a primeira mostra do artista na galeria Luhring Augustine em Nova York desde sua morte, em 2016. Com mais de 60 trabalhos,muitos deles inéditos, a exposição fica aberta até 5 de fevereiro e é uma síntese retrospectiva que apresenta as relações e desdobramentos que se metamorfoseiam desde a década de 1970 –Tunga realizou sua primeira individual em 1974 no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio) –, até pouco antes do seu falecimento.

Tunga, True Rouge