PUBLICIDADE

deu babado

Na Justiça: entenda a briga de Antonia Fontenelle e Giselle Itié

Antônia Fontenelle foi indiciada por racismo e xenofobia por causa de ofensas direcionadas a Giselle Itié em dezembro do ano passado. Na época, a atriz, que nasceu no méxico, revelou que sofreu assédio de um diretor de novelas aos 23 anos, em uma postagem em apoio à Dani Calabresa. Ela não citou nomes, mas Antônia se sentiu atacada, uma vez que novela mencionada por Itié foi dirigida pelo seu ex-marido, Marcos Paulo, que faleceu em 2012

“Hoje eu acordei com essa atriz de nome Giselle Itié, que está em todos os portais, dizendo que sofreu assédio sexual na primeira protagonista dela quando tinha 23 anos. Que sofreu assédio e foi amordaçada pelo diretor da novela ‘Começar de Novo’. Diretor esse que foi meu marido por sete anos. Ela se refere a Marcos Paulo”, disse Fontenelle.

Ela, então, disparou a seguinte frase direcionada à atriz: “Volta para o seu país, é o melhor que você faz”.

Já a fala relacionada à origem da atriz pode ser enquadrada como crime de ódio, pelo teor racista e xenofóbico.”O crime de racismo ocorre toda vez que você pratica atos que visem negar direitos seja por cor, origem, religião. Direitos que são de todos. Quando diz ‘volta para o seu país’, ela está dizendo: ‘vocês mexicanos não são bem-vindos no Brasil’. A xenofobia é uma forma de racismo”, defendeu.

O advogado de Fontenelle, o criminalista José Guilherme Costa Almeida, manifestou-se apenas sobre o suposto crime de racismo e homofobia e disse que a frase de sua cliente foi retirada de contexto.

“Em momento nenhum ela usou a palavra México. Antônia explicou na delegacia que houve um relacionamento lá atrás entre Marcos Paulo e Giselle Itié e que ficou uma fantasia em relação ao Marcos Paulo. A frase ‘volta para o seu país’ seria ‘volta para a sua fantasia’. Esse é o sentido da frase que foi dita”, disse Almeida.

Fontenelle manifestou o desejo de fazer acordo com o Ministério Público para não ser processada pelos crimes. Ainda segundo seu advogado, ela está muito abalada com a repercussão do caso.

Por: Metrópoles

PUBLICIDADE