PUBLICIDADE

Sylvia de Castro

Sylvia de Castro: Festa cultural no palacete da Pinakotheke

Por: Sylvia de Castro
Colaboração: Amaro Leandro

A abertura da exposição  de 60 obras da coleção de Luiz Carlos Ritter, um dos mais respeitados colecionadores de arte do Brasil, junto com o lançamento do livro “Coleção Luiz Carlos Ritter”, movimentou a Pinakotheke Cultural, em Botafogo, e reuniu 400 convidados, com cerimonial de Ricardo Stambowsky. O livro, editado pela Pinakotheke, tem textos de Nélida Piñon, Vanda Klabin, Ana Cristina Reis, Ricardo Linhares e Clélio Alves e entrevista de Ritter a Max Perlingeiro,  organizador do livro  e curador da mostra que permanece aberta até o dia 24. Comidinhas do Cooking Buffet, a maravilhosa mesa de doces, música ao vivo nos jardins do palacete, e a nata da sociedade carioca transformaram a tarde em uma grande festa cultural. Fotos Marco Rodrigues.

Luciana Sève e Luiz Carlos Ritter

Beto e Luciana Pittigliani

Ana Cristina Reis e Nélida Piñon

Marly Garcia, Sueli Stambowsky e Jane Rose Klarnet

Roberto Halbouti e Christiane Torloni

Fabrizio Godoy e Barbara Pittigliani

Yara Andrade e Ricardo Stambowsky

Manoela Ferrari, Heckel Verri e Belita Tamoyo

Edna Teruszkin, Jane Rose Klarnet e Karina Vasilcovsky

Mauro Saraiva, Vanda Klabin e Ronaldo Barbosa

Katia Mindlin e Dalal Achcar

José Newton Cunha, Vera Tostes e Marcio Gomes

Antonio Neves da Rocha, Luiz Carlos Ritter e João Marcos Mendes de Sousa

Max Perlingero, Teresa Seiler e Geraldo Lamego

125 anos de Di Cavalcanti e a volta de obras perdidas

As pinturas em óleo sobre tela “Carnaval” (década de 1920) e “Bahia” (1935), exibidas em 1936, na Galeria Rive Gauche, durante o exílio de Di Cavalcanti em Paris, podem ser apreciadas pelo público após quase 90 anos. Depois da exibição na galeria parisiense, as obras ficaram perdidas, até serem descobertas recentemente em uma coleção francesa. Agora, as duas obras-primas, junto com outras 40 obras raras do pintor, estão sendo mostradas na exposição “Di Cavalcanti – 125 anos”, com curadoria de Denise Mattar, na Danielian Galeria, na Gávea, com entrada franca, até 22 de outubro. Fotos Lucas Teixeira

Antonia Leite Barbosa e os filhos

Fabio Szwarcwald

Elisabeth Di Cavalcanti e Denise Mattar

Anderson Thives

Denise Mattar e Vanvan Seiler

Luiz Danielian, Marcella Fogaça, Joaquim Lopes e Josie Pessoa 

Os lúdicos de Paiva Brasil 

A Galeria Patrícia Costa presta homenagem póstuma a Paiva Brasil com a exposição “Lúdicos”, que fica aberta até 1o de outubro na Avenida Atlântica, com entrada franca.Sintéticas e eloquentes, as obras mais recentes produzidas pelo artista durante os últimos dois anos em que ficou isolado em seu atelier, foram reduzidas a poucas formas e a poucas cores, trazendo a síntese dos seus trabalhos de longos anos, buscando a simplicidade e a delicadeza na geometria com o máximo de expressão. São 22 quadros-objetos, a maioria deles em pequenos formatos, todos constituídos de módulos coloridos que se acoplam, como num jogo de armar e desarmar. Fotos Marco Rodrigues

Alan Sharpe e Lucia Vilaseca

Gerardo Vilaseca e Vanda Klabin

Patrícia Costa e Geraldo Lamego

Bia Sampaio e Chico Vartulli

Ana Maria Santeiro e Lygia Azevedo

Mercedes Masque

Sergio Zobaran e Patrícia Costa

Wilson Piran e Marcia Barrozo do Amaral

Sente-se!

Uma rica variedade de bancos feitos por indígenas artesãos de 38 etnias do Brasil está sendo exibida ao público pelo Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (CRAB) na exposição Sente-se: A coleção “Sente-se: BEĨ em Diálogo” é composta por 63 peças, reunindo obras representativas da cultura indígena, de artesãos que vivem nas regiões do Xingu, Sul da Amazônia, Amazônia Oriental, Calha Norte e Noroeste Amazônico, junto com bancos produzidos por renomados designers brasileiros. A exposição, com entrada gratuita, tem curadoria do indígena Mayawari Mehinaku e dos designers Claudia Moreira Salles e Gabriel Bueno. Fotos Marco Rodrigues

Maria Eugênia Silveira e Zizi Magalhães

Douglas Fasolato e Helena Severo

Luiz Fernando Bendini, Bebel Niemeyer e Marcos Duprat

A curadora Claudia Moreira Salles

A volta do Largo do Boticário 

A rede Accor inaugurou o Joe & Joe no Largo do Boticário, com direito a apresentação do Cacique de Ramos, em noite linda, com presença de antigos moradores do famoso Largo.

O Joe & Joe em festa

José Newton Cunha e Vera Tostes

Susi Cantarino

As ex-vizinhas no Largo Vanda Klabin e Patrícia Scott Bueno

Isabela Menezes e Tereza Dourado

Sob nova direção

A Associação dos Embaixadores de Turismo do Rio de Janeiro, antes presidida por Claudio Castro, agora é comandada pela turismóloga e jornalista, Viviane Fernandes. A posse dela está entre as mudanças ocorridas na diretoria neste mês de setembro. Além de Viviane, outros associados foram empossados a novos cargos: Sávio Neves, VP de Turismo; Maria Luiza Nobre, VP de Cultura e Ana Botafogo, VP de Eventos. A comemoração vai ser com café da manhã no Fairmont, dia 18.