PUBLICIDADE

Sylvia de Castro

Sylvia Castro: O Rio é um show!

Por: Sylvia de Castro
Colaboração: Amaro Leandro

E os shows se espalham pela cidade, em homenagens, em comemorações, em talento e alegria.  É um Rio que não para. Nosso palco iluminado…

Cem anos de Bibi

A eterna Bibi Ferreira teria feito 100 anos dia primeiro de junho. E foi um dia de muitas homenagens. A Cidade das Artes, que ganhou o nome de Bibi Ferreira por lei de 2020, recebeu placa comemorativa em solenidade com presença do prefeito Eduardo Paes. E o Teatro Cesgranrio recebeu convidados para o lançamento do livro “Bibi Ferreira, a  saga de uma diva”, biografia escrita por sua sempre amiga Jalusa Barcellos. Todos ganharam o livro autografado pela autora. No palco, as cantoras Stella Maria Rodrigues, Cláudia Netto e Izabella Bicalho reviveram sucessos de Bibi, acompanhadas pelo violinista que trabalhou com ela por mais de 30 anos. Na plateia, a filha, a neta e a bisneta de nossa diva.

Jalusa Barcellos e os anfitriões, Beth e Carlos Alberto Serpa

Luiz Mantovani, Yacy Nunes, Miguel Proença e Laura Proença Icasa

Jalusa com Ricardo Cravo Albin e Sérgio Fonta

Maria Luiza Mendonça e Roberto Padula

Jalusa com Louise e Claudia, a neta e a bisneta de Bibi

O aniversário musical de Alessa

A estilista Alessa festejou 50 anos de vida e 20 anos de sua famosa marca de forma muito original: cantando no seu aniversário. Vestir cantoras divas com suas criações inspirou a comemoração dela cantando em Duetos  com Fernanda Abreu, Teresa Cristina, Ithamara Koorax… Para a festa ficar completa, Alessa ainda reeditou peças da coleção Play Me, que desfilou no Fashion Rio inverno 2010, em sua loja online e física em Ipanema, e no show, que foi no Manouche, na Casa Camolese. Até as famosas calcinhas criadas por ela estiveram no palco!

Fernanda Abreu encerrou o show cantando É hoje

Teresa Cristina começou, cantando Emoções e Sua estupidez

Ithamara Koorax

Uma festa divina!

Maria Rita abriu a Festa do Divino, tradição secular de Angra dos Reis, com show de quase duas horas, lotado apesar da chuva que caiu. O show de encerramento foi com Paula Fernandes de shortinho de onça, apesar do frio de 16 graus. O secretário de Cultura e Patrimônio Andrei Lara de parabéns pela festa divina… Fotos Fred Pontes

Maria Rita e o secretário Andrei Lara

Paula Fernandes de oncinha

Bodas de ouro da Marrom

Alcione comemorou seus 50 anos de carreira com uma grande noite no Theatro Municipal para gravação do DVD das bodas de ouro. Para sua grande noite, ela escolheu o estilista Gebran Smera, querido por outras estrelas da MPB, que já vestiu a Marrom em outras ocasiões marcantes, Na plateia estrelada, Maria Bethânia, Toni Garrido, Elymar Santos, entre muitos outros.

Alcione

Alcione e Bethânia

Ricardo Portilho e Regina Casé

Luz na sombra

A artista plástica Isabel Becker inaugurou sua exposição individual Luz na Sombra no Escritório de Arte Martha Pagy.. Com curadoria de Christiane Laclau, da Artemotiv, a mostra  é um olhar sobre a arquitetura modernista de Brasília. Os protagonistas são as brise – soleils e cobogós típicos das fachadas da capital. As obras ficam expostas até 20 de agosto e as visitas são agendadas. Fotos Renato Wrobel

Ana Andreazza e Isabel Becker

Ignez e Sergio Costa e Silva

Liberdade de expressão

A escritora Luna Barroso, filha do ministro Luís Roberto Barroso, lançou seu livro “Liberdade de expressão e democracia na era digital: o impacto das mídias sociais no mundo contemporâneo”, pela Editora Fórum, com prefácio de seu pai, na Livraria Argumento. Fotos Cristina Lacerda

Luna e Luiz Roberto Barroso

Maria Célia Moraes e Angela Fragoso Pires

Homens no divã

A peça “Homens no Divã” estreou no Teatro das Artes lotado, com Guilherme Chelucci como bombeiro, Ken Kadow, ginecologista, e Darson Ribeiro, executivo da Light, falando sobre machismo, narcisismo e traição na antessala da psicanalista.

Magda Cotrofe e Ney Matogrosso

Alcione Mazzeo e Joana

Dadá Coelho e Paulo Betti

Gisela Markenson entre Guilherme Chelucci, Darson Ribeiro e Ken Kadow

Happy 70

Iva Sofia Gonçalves Lima festejou seus 70 anos com happy hour à italiana para as amigas.

Iva Sofia e o bolo

Graça Oliveira Santos e Renata Fraga

À espera de Sofia

Layla, filha de Sueli Lobo Lima, espera sua Sofia no começo de agosto e preparou um lindo e animado chá de bebê para comemorar, com direito até a pagode.

Vovó Sueli e mamãe Layla

A fofura da mesa cor de rosa com ursinhos

Outra Sofia está chegando! A bisneta de Ruth Niskier. Amigas e família se reuniram em torno da mamãe Giovanna e do papai Felippe para uma tarde de muito amor.

Mamãe Giovanna e bisavó Ruth

A mesa de borboletas

Ler transforma vidas

O professor e escritor Pedro Gerolimich, conhecido como Pedro do livro, é filho de um professor de história e mãe advogada, e formado em geografia. Nascido e criado em Anchieta, vem deixando sua marca em projetos importantes no mundo da literatura, como o Livro de Rua, que já distribuiu gratuitamente mais de 100.000 exemplares por diversos bairros do Rio. No ano de 2019, assumiu o cargo de Superintendente de Leitura e Conhecimento na Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro. E, foi em tempos de coronavírus, que ele teve a ideia de lançar o ‘Histórias por Telefone’. Através de uma ligação telefônica, voluntários contavam histórias, liam poesias ou apenas conversavam com idosos e pessoas solitárias. Foi um sucesso! Atualmente, Pedro é Coordenador Geral da Traços-RJ, uma revista que nasceu para gerar renda e reinserir no mercado de trabalho pessoas em situação de rua ou de extrema vulnerabilidade financeira, através da venda de exemplares. Agora, ele está à frente da Biblioteca A Casa Amarela, projeto que nasceu a partir de um grupo de moradores envolvidos com o bairro Anchieta. A biblioteca, que inaugura hoje, vai ter dois programas: o empréstimo de livros com o cadastro prévio e a distribuição gratuita de livros, com o compromisso do leitor, assim que terminar a leitura, passar adiante a obra para outra pessoa.

PUBLICIDADE