PUBLICIDADE

Sylvia de Castro

Sylvia de Castro: Cento e um anos de felicidades

Por: Sylvia de Castro
Colaboração: Amaro Leandro
Adelinha Saboia de Azevedo comemorou incríveis e maravilhosos 101 anos completamente lúcida, alegre e vaidosa como sempre, com flor no cabelo, maquiada e de  vestido de renda dourada, uma graça, com almoço sentado, para seis, ao lado do filho José Ribamar e da filha Cecília. Com direito a bênção especial do seu querido padre Jorjão, e muitas mensagens carinhosas dos netos, bisnetos e dos muitos amigos. E, festeira, esperando a grande celebração dos cem que teve que ser adiada por causa da pandemia. Parabéns, Adelinha!

Com a filha Cecília

Com o filho José Ribamar

Com padre Jorjão

Vera Bangel

O bolo

Só vacinadas

Maria Geyer, que fez isolamento rigoroso durante toda a pandemia, festejou seu aniversário com almoço só para amigas íntimas vacinadas e mesa decorada por Antonio Neves da Rocha, com louça Vieux Paris, século XIX, cristais Bacarat, flores  Astromélia de sua filha Cissa Geyer e jogos americanos e guardanapos Maria da Conceição Moreira Siqueira.

Maria Geyer

As pulseiras de vacinadas

A mesa linda, décor de Antonio Neves da Rocha

O show de cores de Valentino

Valentino desfilou sua coleção haute couture depois do encerramento do calendário oficial da temporada, no Le Gaggiandre, pavilhão do século XVI, em Veneza, ao cair da tarde. Pierpaolo Piccioli deu um show de cores, de luxo, de bom gosto. De cair o queixo…

Bodas de ouro e prata em família

As bodas de ouro de Nazaré e Antonio Bichara foram festejadas junto com as bodas de prata da filha Isabella e do marido Jeff ,que vieram especialmente de Chicago, onde moram, para o almoço de família, em casa do irmão, no Jardim Botânico. A mesa, em tons de rosa e branco, estava uma delicadeza, com bolo da Rosely Bonfante, doces da Cristiane Guinle, flores de Seu Manuel. Nazaré vestiu o vestido de noiva. E coube, 50 anos depois…

O bolo e Nazaré e a anfitriã, sua nora Ana Paula Bichara

Antonio e Nazaré com o vestido de noiva

Isabella, Jeff, Andrew e Julia

Comemorações amigas

Elas estão sempre prontas a festejar os aniversários das amigas, com deliciosos almocinhos ao estilo novos tempos: muita alegria e pouca gente.

O niver de Maninha Barbosa foi motivo para almoço com amigas do grupo das Sis, em tradicional bistrô carioca, na Gávea. Na foto, Alice Tamborindeguy, Heliane Dale, Ana de Paula, Maninha, Constança Castello Branco, Renata Fraga e Paula Almeida

A aniversariante e o bolo

Alice e o presente: Nossa Senhora das Graças

Foi no Iate Clube a comemoração do aniversário de Monika Nakamura pelas amigas Jaqueline Barreto, Candida Virgínia, Micheline Thomé, Theresa Macedo, Claudia Cury e Ana Claudia Vaz.

Suzana Portella foi homenageada por Jeannette Sendas, Constança Castello Branco, Tania Carvalho, Dione Saade e Glorisabel Garrido com almoço no Jockey.

Arte em exposição

A expo Sanagê Pele e Osso teve pré-abertura  no Centro Cultural Correios, no Centro. As obras se referem a países africanos de onde saíram e por onde passaram homens, mulheres e crianças capturados e vendidos como escravos para trabalhar em fazendas e minas no Brasil. Sanagê Cardoso contava que cada catálogo tem textos enviados por visitantes com suas impressões e a ideia é transformar essa coletânea em livro, no futuro. A mostra já foi apresentada no Museu da República de Brasília, onde atraiu um público de mais de 39 mil pessoas, e no MAB – Museu de Artes de Blumenau. Com vocação itinerante, depois do Rio segue para Niterói, Salvador e Recife. A ideia é percorrer o país. Na foto de BriefCom e Carlos Senna, Raquel Saliba, Sanagê Cardoso e Osvaldo Gaia.

É hora do lanche, que hora tão feliz

Voltaram os lanches reunindo família e amigos, nos fins de tarde dos fins de semana. Uma tradição bem carioca, mantida por Diva e Paulo Schottz, que adoram receber em seu apartamento de Copacabana.

Diva e Paulo Schottz com Luiz Albuquerque

Raphaella Costa Lino e Bernardo

Frank Costa Lino e João Paulo Schottz

José Guilherme e Fabiana Schottz 

Pipocando

Lucio Lage Gonçalves, doutorando em saúde mental e marido de Viviane Cohen, está lançando, com Carlos Rogério de Andrade Ribeiro, pela Barra Livros, “Cães & Humanos, Comportamentos em Transformação”, uma interessante leitura para compreender esses tempos que vivemos.

Boas notícias para os amantes dos bares e restaurantes tradicionais do Rio. Vai reabrir em setembro, totalmente repaginado, o Amarelinho, tradicional bar da Cinelândia, fundado em 1921, e parte da história do Rio, frequentado por políticos e intelectuais. O La Fiorentina, tradicional restaurante do Leme, reduto da boemia carioca fechado durante a pandemia, volta a funcionar em 10 de agosto, com novos sócios.
PUBLICIDADE