PUBLICIDADE

Ana Cristina Rosado

Ana Cristina Rosado

crédito Isto é Gente

SEM COMEMORAÇÃO

No dia em que completou 95 anos, 21 de abril, a Rainha Elizabeth agradeceu o carinho e o apoio, após o falecimento do seu marido, o príncipe Philip.

BÚZIOS LOVE: UM EVENTO INESQUECÍVEL PARA O MÊS DOS NAMORADOS 

O mês dos namorados vai ficar ainda mais alegre e romântico em 2021. Com uma programação muito especial a partir do dia 11 de junho, os casais poderão curtir a data prestigiando o super festival intitulado “BÚZIOS IN LOVE”, idealizado por Elcio Ribeiro, da CECASE Búzios, e Adrielly Melo, da ADR Tour, para deixar o momento inesquecível.

O projeto foi criado com o objetivo de estimular o amor entre as pessoas, deixar os casais mais alegres, sentimentais e comemorar o dia mais apaixonado do ano. O evento vai acontecer em bares, restaurantes e pousadas, sempre nos finais de semana, ou seja, de sexta a domingo. Além das hospedagens e das atrações, os visitantes poderão curtir passeios de barcos e bugre.

BAYARD BOITEUX: NOVO EDITOR CHEFE DA REVISTA ENJOY TRIP

Bayard Boiteux, vice-presidente da Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ assumiu, nesta semana, a função de editor da Revista Enjoy Trip, o Portal de Turismo do Grupo Liberado Júnior de Comunicação. Segundo Boiteux, é muita felicidade viver essa nova era!

Sem dúvida as empresas estão desempenhando um importante papel na implementação do modelo de trabalho remoto para evitar uma crise maior na saúde. Por outro lado, esta modalidade também traz alguns riscos. Em entrevista para a Revista Mais Influente Gustavo Medeiros, perito em computação forense, especialista em segurança da informação e membro da ANPPD (Associação Nacional dos Profissionais de Privacidade de Dados), explicou como passar este período com maior segurança e tranquilidade.

  1. Quais perigos sofre uma pessoa que trabalha em home office?

Os perigos para quem trabalha em casa são os mesmos para quem não está em home office. O acesso indevido à rede wi-fi residencial pode acarretar situações como captura de dados trafegado na rede, a tentativa de acesso aos dispositivos (computadores, impressoras, celulares, tablets) conectados na rede e utilização da internet. Um outro problema é o phishing – um crime com o intuito de nos enganar e  faz com que passemos nossas informações confidenciais, por meio de um e-mail, sms ou mensagem no Whatsapp. O malware é um software que tem a intenção de causar, como o nome diz, algum mal. Pode coletar tudo o que você digita, tudo o que acessa, usar seu computador para realizar ataques na internet, danificar sistemas, replicar vírus. Já o ransomware é específico para sequestro de informações. O computador ou parte dele é criptografado e somente pagando um resgate ao sequestrador para reaver os dados ou não. Nesse caso é importante acionar a polícia federal. E um outro ato perigoso é a engenharia social que ocorre com uma interação humana, uma ligação telefônica, uma conversa sendo executada por terceiros com o intuito de pegar informações pessoais para fins escusos.

  1. O que fazer em caso de algum problema?

Caso desconfie que a senha foi descoberta, troque a senha administrativa do roteador wi-fi, o nome e senha do wi-fi. Realize a varredura completa do antivírus a fim de detectar se há algum malware infectando o computador. Mude as senhas dos serviços digitais, aos quais utiliza e cancele cartões de crédito e altere senhas bancárias.

Caso haja invasão, chame um perito em computação forense e digital para verificar o ocorrido. Na maioria dos casos, o perito será capaz de descobrir como se deu a invasão, o tipo de malware usado, de ransomware usado, o que foi acessado, roubado e comprometido e de onde partiu o ataque, confeccionando um parecer técnico embasado para ações policiais, judiciais e defesa trabalhista.

 

  1. E quais as dicas que você pode dar aos nossos leitores?

Alterar as senhas padrão de fábrica de administração dos roteadores wi-fi, criar rede wi-fi para convidados, manter os softwares instalados atualizados, usar antivírus. Não esqueçam de fazer backups na nuvem. Usem VPN (virtual private network), escolham senhas fortes, com 12 caracteres ou mais, usando números, letras e símbolos e, para cada tipo de acesso uma senha diferente. Utilizar a mesma senha para todos os serviços facilita a vida do bandido.

PUBLICIDADE